terça-feira, 5 de junho de 2012

Resultado da eleição do Conselho Tutelar de Volta Redonda

Divulgada votação para Conselho Tutelar de VR 
 
Publicação: segunda-feira, 4 de junho de 2012 (22:2)


Foi concluída por volta das 21 horas desta segunda-feira a apuração dos votos para a composição dos dois Conselhos Tutelares que volta Redonda passará a ter a partir do próximo dia 3 de julho. A votação foi realizada no domingo em 45 urnas espalhadas por 24 locais da cidade, em escolas estaduais e municipais. O resultado oficial dos eleitos, no entanto, só deve sair na próxima semana, depois que forem analisadas as atas de cada uma das urnas, já que foram registrados algum incidentes durante a votação.

O boletim geral da apuração foi divulgado com a ressalva de que somente após a análise da comissão os eleitos serão proclamados. A votação, realizada no auditório do antigo Fórum, no Aterrado, começou por volta das 10 horas, com uma hora de atraso e foi acompanhada pelos candidatos. Compareceram apenas 8.119 eleitores. Foram 8.027 votos válidos, 67 nulos e 25 brancos.

O candidato mais votado foi o ex-conselheiro Geraldo Antônio da Silva, com 626 votos. Ele não esperou o final da apuração. Em segundo ficou o professor da prefeitura de Volta Redonda, Dion da Silva Lucas. "Atribuo esta votação aos amigos e à credibilidade adquirida como professor em 25 anos de sala de aula e direção de escola", afirmou o professor.

Nenhum ocupante do Conselho Tutelar conseguiu se reeleger. Entre titulares e suplentes, cinco disputaram a eleição, que foi acompanhada durante todo o domingo pela promotora Luciane Tesch de Abreu.

Acompanhada de policiais militares de fora da cidade, ela flagrou três candidatos fazendo boca de urna, o que é proibido. Um candidato chegou a pedir voto para um dos policiais que acompanhavam a promotora. "Soubemos de candidatos que fizeram pior, mas não temos prova, disse a promotora Flavia da Silva Marcondes, que acompanhou o trabalho de apuração, já que Luciane saiu de férias.
Uma urna foi impugnada porque havia votos para um candidato sem a assinatura do presidente da seção.

De acordo com a presidente do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Guaraciara Lopes, os eleitos vão passar por fases de capacitação, que incluem uma palestra de um advogado da Associação Brasileira de Conselhos Tutelares. "É preciso que a eleição seja mais divulgada", disse Guaraciara, a respeito do baixo comparecimento dos eleitores.

Com a criação, por lei municipal, de mais um conselho na cidade, os cinco mais votados ficarão responsáveis pelos bairros da margem direita do Rio Paraíba do Sul. Os outros cinco mais votados, pelos bairros da margem esquerda. Os conselheiros eleitos terão mandato de três anos.

Veja a ordem de votação (Os nomes em negrito são os dez mais votados)

Geraldo Antônio da Silva - 626
Dion da Silva Lucas - 531
Marcos Vinícius da Silva - 441
Rodnei de Souza Oliveira - 431
Rosane da Silva Dias - 410
Sérgio da Silva Vitorino - 409
Nair da Silva Lucas Silva - 392
Claudinei Evangelista de Assis - 340
Lígia da Silva Penha Pereira - 340
Sidcley Pereira Paulino - 318
Richard Nunes - 286
Sirley da Silva - 275
Claudia Moreira Reis - 274
Marco Aurélio de Souza Camilo - 254
Júlio Gil da Cunha - 251
Euzébio José Pereira Neto - 250
Robério Oliveira Aguiar - 243
Nilzete da Silva Xavier - 242
Nielzo Marcus Soares - 217
Tathianne Miranda Novais - 217
Régis Bonfim Sabino- 211
Bianca da Almeida Ciosta - 172
Jussara Ferreira - 163
Elizabete Pereira da Silva - 156
Rosa Catarina de Castro Ferreira - 117
Marcos Antônio Rigon - 114
Maria do Carmo Goulart Alves - 89
Carlos Roberto Afonso - 81
Cristiane de Lima Oliveira Cunha - 69
Helver da Silva Pinheiro - 63
Antônio José da Silva - 39
Taiany Lisley Leite de Oliveira - 3
Maria Inês da Veiga Soares - 3
Antônio Claudio Vieira Cabral - 0

Nenhum comentário: