VIGIA VARAO

VIGIA VARAO
Bem Vindo!

Membros do Conselho Municipal da Juventude e Juventude do PT recebe os coordenadores do Centro de Referência Jovem






O dia 25 de Janeiro ficou na história da Juventude da cidade de Volta Redonda, estivemos um longo dia cheio de atividades tratando de questões juvenis, como a vinda do Centro de Referência da Juventude que será instalado no Bairro Vila Mury no tempo de 4 meses, prometido pelo prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto( PMDB) que nos recebeu no seu gabinete acompanho pelos membros do Conselho
que é composto por mim e pelo vice-presidente Adeilson Nénem, pelo secretário da Juventude do PT, Wilson Geléia, Bruna Marcele que é moradora do Bairro Açude e membro de Igreja Evangélica no bairro. O superintendente de Estado de Políticas Públicas para a Juventude e Coordenador dos Centro de Referência no Rio, Allan Borges nos disse em reunião com o vereador Carlos Roberto Paiva(PT)  que aconteceu na Camara Municipal de Volta Redonda para conhecer o projeto de Comissão da Juventude que é uma iniciativa do vereador para poder acompanhar todos os processos de interesses da juventude da cidade do aço.

Já com o prefeito Neto, Allan Borges disse que Volta Redonda está largando na frente de muitas cidades do estado, em relação ao avanço com os jovens, falou da importância do município ter uma Coordenadoria da Juventude, Conselho Municipal, Plano Municipal e Orçamento Participativo Jovem, e afirmou que o papel do Conselho é de ser formulador de política pública, fiscalizar e cobrar do Executivo e da Coordenadoria te como está sendo aplicado ás verbas que serão destinados a implantação do Centro de Referência.

Allan salientou que os Centro de Referência de Juventude – CRJ que atualmente, em nove comunidades da região metropolitana do Rio de Janeiro os Centros de Referência da Juventude (CRJs), são dispositivos públicos, administrados pela Superintendência de Políticas Públicas para a Juventude que tem como objetivo principal restaurar a esperança da juventude em relação ao seu futuro, através da inclusão social de jovens de comunidades de baixa renda em situação de risco social e/ou pessoal, através de um método inclusivo que valorize as especificidades e que pressuponha um espaço centrado na comunidade, livre de barreiras, emulador de criatividade, ideias e gestor de oportunidades sociais e econômicas para a juventude desses territórios. 

O CRJ executa cursos, atividades esportivas e culturais com estratégias socioeducativas para atuar na formação de valores e atitudes na perspectiva para mudança de condutas de risco. O CRJ facilita o acesso a serviços e escoa de demandas.

A noite na sede do PT/VR( Partido dos Trabalhadores de Volta Redonda) acompanhado pelos candidatos á vereador em 2012, Kika Monnteiro e Alexandre Patriota e de novos filiados, Allan Borges disse que o CRJ não funciona como uma escola que nunca permite criatividade, sempre como muita rigidez, e sim como um espaço para a execução de cursos ,oficinas e de diálogos, local esse que permitirá restaurar a esperança da juventude e de abertura de espaços de criação de projetos de jovens que visará também controlar a evasão escolar de entrar na lógica da emancipação juvenil, como os CRAS( Centro de Referência de Assistência Social) que está espalhado por diversos bairros que lá não é o local especifico para os jovens e somente o CRJ conseguirá canalizar as demandas da juventude.

O membro do Conselho da Juventude de Volta Redonda,Alan Cunha afirmou que a proposta do Centro de Referência partiu da Pastoral da Juventude, que logo foi apoiado e incluso no Orçamento Participativo Jovem de 2010 e 2011 pela Juventude do PT de Volta Redonda e por outras entidades envolvidas na época da discussão em meados de 2009. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.